Clayton de Souza/AE
Clayton de Souza/AE

Torcedores vão ao CT para protestar contra má fase do Corinthians

Na manhã desta terça-feira, membros da Gaviões da Fiel tiveram uma reunião com alguns jogadores

FÁBIO HECICO, Agência Estado

20 de setembro de 2011 | 16h27

Torcedores do Corinthians foram ao treino do time na tarde desta terça-feira, no CT do Parque Ecológico, para protestar contra a má fase e cobrar uma reação no Brasileirão. Cerca de 10 integrantes da torcida organizada Camisa 12 participam da manifestação, com faixas e gritos de guerra, enquanto os jogadores realizam o último treinamento antes do clássico desta quarta, com oSão Paulo, no Morumbi.

O maior alvo do protesto dos torcedores corintianos foi o técnico Tite, como ficou claro na ironia mostrada numa das faixas levadas ao CT do Parque Ecológico: "Precisa de técnico de futebol profissional. Pré-requisitos: visão de jogo, esquema tático, liderança e sede de vitórias".

O protesto também teve outras faixas para mostrar a revolta com o momento do time: "Pare, acabou a paciência. Que seja a última derrota. Queremos empenho total na quarta. Essa é a hora. Quem quiser que fique de coração" e "São mais de 30 milhões de corações indignados" foram algumas delas.

Prevendo o protesto desta terça-feira, a diretoria corintiana tomou precauções. A principal delas foi reunir o elenco antes do treino, para todos os jogadores fossem juntos, de ônibus, para o CT do Parque Ecológico - assim, evitou que os carros dos atletas fossem atacados como já aconteceu no passado.

Assim, o ônibus da delegação chegou ao CT do Parque Ecológico antes dos torcedores, evitando qualquer contato entre eles - os membros da organizada ficaram do lado de fora, fazendo a manifestação no alambrado. O policiamento do local também reforçado, o que impediu atos de violência.

Nesse clima, o Corinthians volta a jogar nesta quarta-feira, contra o rival São Paulo, no Morumbi. Depois de duas derrotas seguidas - para Fluminense e Santos -, os corintianos perderam a liderança do Brasileirão, caindo para o terceiro lugar, dois pontos atrás do líder Vasco.

Reunião

Pela manhã, seis integrantes da Gaviões da Fiel estiveram na concentração do elenco, um hotel no bairro de Higienópolis, e reuniram-se com alguns jogadores. O grupo conversou com Julio César, Alessandro, Chicão, Ralf e Liedson. Da diretoria, estiveram presentes Edu, gerente de futebol, e Duilio Monteiro Alves, diretor adjunto.

"Foi uma convesa respeitosa com um nível bom. Mostramos a eles que não há nenhum bicho de sete cabeças", disse Duílio Monteiro Alves.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolCorinthians

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.