Armando Babani/Efe
Armando Babani/Efe

Torcida atira bolas de tênis em protesto contra rodada de segunda no Alemão

Em vitória do Eintracht Frankfurt sobre o RB Leipzig, público chama federação de máfia e reclama de dia de jogo

Estadão Conteúdo

19 de fevereiro de 2018 | 19h30

De virada, o Eintracht Frankfurt derrotou o RB Leipzig por 2 a 1, em casa, na conclusão da 23ª rodada do Campeonato Alemão e em partida que acabou ficando marcada pelos protestos dos torcedores pela marcação de jogos pelo torneio nacional para as noites (no horário local) de segunda-feira - esse foi o primeiro de cinco compromissos nessa condição.

+ Manchester City cai diante de time da 3ª divisão

+ Lazio bate Verona e sobe para quarto lugar

Os três gols da partida foram marcados no primeiro tempo, sendo que o RB Leipzig largou na frente, aos 13 minutos, com Jean-Kevin Augustin. Timothy Chandler, aos 21, e Kevin-Prince Boateng, aos 26, deram a vitória ao Frankfurt, que atingiu o terceiro lugar, com 39 pontos. Mais do que isso, o time impediu o adversário de ascender para a segunda posição - a equipe de Leipzig permanece com 38 pontos, na quinta posição.

Mas o jogo será mesmo lembrado pela atmosfera carregada pelos protestos contra a Federação Alemã de Futebol (DFB, na sigla em alemão). Torcedores, ainda que de modo ordeiro, entraram no campo antes do início do seu duelo. Nas arquibancadas, eles exibiram faixas e bandeiras com inscrições como: "Máfia do futebol: DFB". Bolinhas de tênis também foram jogadas no gramado.

O início do jogo acabou sendo adiado em seis minutos, sendo que ele começou sob intensas vaias da torcida do Eintracht Frankfurt na Commerzbank Arena, só ofuscadas pela comemoração dos gols da equipe, que assegurou o seu triunfo com uma virada.

Após a vitória, o time voltará a jogar no sábado, quando vai visitar o Stuttgart, pela 24ª rodada do Alemão. Já o RB Leipzig atuará já nesta quinta-feira, em casa, contra o Napoli, pela Liga Europa.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolcampeonato alemão de futebol

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.