Torcida da Inter fica dividida com demissão de Mancini

A demissão do técnico Roberto Mancini docomando da Inter de Milão e a esperada chegada de José Mourinhopara substituí-lo foi recebida com reações diferentes pelatorcida do clube italiano. A Inter confirmou a saída de Mancini na quinta-feira, 11dias após o treinador ter levado a equipe ao terceiro títuloitaliano consecutivo. O anúncio aconteceu dois dias após uma reunião entreMancini e o presidente do clube, Massimo Moratti, naterça-feira, quando foi comunicado ao treinador a demissão, deacordo com reportagens da imprensa italiana. "Graças a Deus, pelo menos alguma coisa aconteceu",escreveu um torcedor identificado como Alby 72 no fórum onlinewww.interfans.org forum. "Adeus Mancio. Obrigado por tudo." Outro torcedor foi ainda menos sensível à saída de Mancini,em meio a reportagens da imprensa italiana de que Mourinholevará para a Inter Frank Lampard e Ricardo Carvalho, doChelsea, mais a dupla do Barcelona Deco e Samuel Eto'o. "Estou gostando porque estamos próximo do anúncio dachegada de Mourinho", disse um torcedor identificado comoZlatan Dejan. "Não me importo com mais nada." Entretanto, alguns estão preocupados com uma repetição dainstabilidade e troca de técnicos que antecederam a chegada deMancini, em 2004. "O que faz esse presidente quando um time vencedor foiformado após uma década sendo motivo de piadas? Ele desmantelatudo", escreveu o leitor da Gazzetta dello Sport SamueleZingaretti. O comunicado da Inter informando sobre a decisão de Mancinicitou uma declaração feita pelo técnico após a derrota em marçopara o Liverpool na Liga dos Campeões, quando ele disse quedeixaria o time no final da temporada. O advogado do treinador, Stefano Gagliardi, disse que vaiproteger os interesses e a reputação do técnico devido a razãodado pelo clube para a demissão. Segundo ele, "era tarde demaispara o clube usar isso como justificativa para demiti-lo". (Por Paul Virgo)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.