Torcida do Flamengo se mantém como a maior do Brasil, diz pesquisa

Mesmo assim, levantamento prevê que o número de corintianos aumentou e que diferença caiu quase pela metade em dez anos

O Estado de S. Paulo

27 de agosto de 2014 | 09h32

Apesar do índice de popularidade estar caindo, o Flamengo se mantém como o time com a maior torcida do Brasil. O levantamento realizado pelo jornal Lance junto com o Ibope, divulgado nesta quarta-feira, mostrou que apesar de ainda ser o vice-líder, o número de torcedores do Corinthians continua aumentando e o equilíbrio entre corintianos e flamenguistas está mais acirrado.

Mesmo com o decréscimo de um ponto percentual em comparação com a pesquisa anterior, realizada em 2010 pelas mesmas instituições, o Flamengo ainda lidera o ranking com 16,2% de torcedores no Brasil, o que equivale a mais de 32 milhões de rubro-negros no País. No entanto, os números mostram que a soberania flamenguista pode acabar nos próximos anos. Em 2010, a pesquisa dos institutos apontava que a diferença entre os torcedores de Flamengo e Corinthians era de 4,9%. O novo panorama mostra que com os atuais 25,9 milhões de corintianos, 13,6% do total, o contraste reduziu para 2,6 pontos percentuais, baixando para quase a metade do levantamento realizado em 2004.

Para fechar o Top 5, não há nenhuma mudança em relação às posições anteriores. O São Paulo ocupa a terceira colocação, com 6,8% (13,6 milhões) da torcida no Brasil, acompanhado de Palmeiras, com 5,3% (10,6 milhões) e Vasco, com 3,6% (7,2 milhões). O Santos, outro grande paulista, está na 10ª posição, com 2,4% (4,8 milhões de torcedores).

Na pesquisa, o time que mais apresentou crescimento em relações aos outros clubes foi o Atlético-MG. Desde o último levantamento, feito em 2010, a torcida do time cresceu 0,9%, e atingiu os 7 milhões. Com o número, equivalente a 3,5%, os atleticanos ultrapassaram os cruzeirenses e subiram da 9ª para a 6ª colocação. O arquirrival manteve-se na 7º lugar, com 3,1%.

Outros dois clubes que subiram de posição no ranking, comparado à pesquisa de 2010, foram o Fluminense, que foi da 14ª para a 11ª colocação, chegando aos 3,6 milhões de torcedores, e também o Atlético-PR, que antes estava 19º no ranking e passou ao 15º, com 1,2%. O número de torcida que teve uma queda-livre evidenciada foi a do Grêmio. Com um ponto percentual a menos, o clube foi de 6º ao 8º lugar, apresentando 6 milhões de torcedores. Mesmo assim, os gremistas permanecem em maior número em relação aos colorados do Internacional, que estão na 9ª posição, com 5,6 milhões.

Para realizar a pesquisa, o Lance e o Ibope ouviram 7.005 pessoas em todos os estados do Brasil. Ao contrário de pesquisas eleitorais, que possuem média de três mil entrevistados, o levantamento também é realizado com crianças e adolescentes de 10 a 15 anos, que evidencia tendências de crescimento ou queda do números de torcedores. 

RANKING DOS 18 PRIMEIROS CLUBES

Clubes                     Participação                     Em milhões de torcedores    

1º - Flamengo          16,2%                              32,5                                             

2º - Corinthians        13,6%                              27,3                       

3º - São Paulo          6,8%                               13,6                       

4º – Palmeiras          5,3%                                10,6                        

5º – Vasco               3,6%                                7,2                       

6º - Atlético-MG      3,5%                                7,0                       

7º – Cruzeiro            3,1%                                6,2                        

8º - Grêmio              3%                                   6,0                        

9º - Internacional      2,8%                                5,6                       

10º - Santos             2,4%                                4,8                       

11º - Fluminense      1,8%                                3,6                        

12º - Bahia              1,7%                                3,4                       

12º - Botafogo        1,7%                                3,4                      

14º - Vitória            1,3%                                2,6                       

15º - Atlético-PR    1,2%                                2,4                        

16º - Sport Recife   1,2%                                2,4                        

17º - Santa Cruz      1%                                  2,0                       

18º - Ceará              0,8%                              1,6

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.