Stefano Rellandini/Reuters
Stefano Rellandini/Reuters

Torcida do Genoa promete 43 minutos de silêncio após tragédia em queda de ponte

Ato é em homenagem às vítimas da tragédia ocorrida no último dia 14, quando a Ponte Morandi desabou e ocasionou a morte de 43 pessoas

Estadão Conteúdo

24 Agosto 2018 | 14h18

Os torcedores do Genoa anunciaram nesta sexta-feira que farão 43 minutos de silêncio durante a partida contra o Empoli, no estádio Luigi di Ferraris, em Gênova, pela segunda rodada do Campeonato Italiano. O ato é em homenagem às vítimas da tragédia ocorrida no último dia 14, quando a Ponte Morandi desabou e ocasionou a morte de 43 pessoas, além de ter deixado vários feridos.

"Para este domingo, escolhemos o silêncio por respeito aos que perderam a vida nesta ponte. Será um silêncio ensurdecedor de 43 minutos. Um para cada criança, trabalhador, estudante, pai ou mãe que hoje já não está conosco", afirmaram os Ultras, torcedores organizados do Genoa, em um comunicado divulgado pela imprensa italiana.

"Durante os primeiros 43 minutos do jogo, não balançaremos as bandeiras, nossas faixas não estarão expostas e nossas vozes permanecerão em silêncio", finalizou a maior torcida organizada da equipe de Gênova.

Com a tragédia, os jogos de Genoa e Sampdoria pela primeira rodada do Campeonato Italiano, no último final de semana, foram adiados. O primeiro enfrentaria o Milan, em Milão, e o segundo receberia a Fiorentina. Assim, a estreia do Genoa na competição será contra o Empoli, neste domingo.

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.