Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE

Torcida do Palmeiras se divide sobre recusa de Ronaldinho Gaúcho

Enquanto alguns acreditam que foi um bom negócio não contratar o meia, outros palmeirenses viam no jogador uma jogada de marketing

O Estado de S. Paulo

27 de agosto de 2014 | 10h28

Entre as provocações dos rivais e a festa pelo centenário do Palmeiras, ocorrido na última terça-feira, o desfeito acordo pelo clube alviverde e Ronaldinho Gaúcho, que estava praticamente acertado, é visto de forma muito controversa entre os torcedores.

Enquanto alguns acreditam que foi um acerto do presidente Paulo Nobre não contratar o jogador de 34 anos, outros palmeirenses veem que a chegada do jogador poderia ser uma boa estratégia de marketing para o clube e também dentro de campo, já que o meia poderia ser peça importante no elenco do treinador Ricardo Gareca, que está na 16ª colocação do Campeonato Brasileiro.

O acordo entre Palmeiras e Ronaldinho Gaúcho estava praticamente selado e o jogador seria anunciado como "presente" na festa do centenário do Palmeiras, realizado no Citbank Hall, na noite desta quinta-feira. Todavia, o clube anunciou, por meio de seu Twitter oficial, que as negociações haviam se encerrado por não haver um "acordo financeiro entre as partes".

Tudo o que sabemos sobre:
futebolpalmeirasronaldinho gaucho

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.