Torcida do Paulista promete invadir Pacaembu

Os torcedores do Paulista de Jundiaí estão preparando uma invasão ao Estádio do Pacaembu no domingo. Até as 18 horas desta quinta-feira a torcida organizada Gamor Força Jovem já havia confirmado a presença de pelo menos 5.200 torcedores. Eles vão se dividir em 30 ônibus e três composições de trens que partem da cidade para São Paulo em três horários. Cada composição poderá levar até 1.500 torcedores. O presidente da Gamor, Ricardo Batista dos Reis, o "Faustão", disse que o objetivo é ter no Pacaembu pelo menos 15 mil pessoas. "A Gamor está proibida de entrar no estádio, o que é uma pena, mas nós conseguimos liberar o nosso bandeirão, que é o segundo maior do Estado." O bandeirão tem 60m x 20m, que dá 1.200 metros quadrados. Os torcedores prometem transformar o Pacaembu em um "palco". Para isso vão enfeitar a torcida de bexigas coloridas, "pisca" e fumaça colorida. Nas ruas de Jundiaí, os vendedores de bandeiras dizem que estão "vendendo como água", como destaca o desempregado João Santana, de 25 anos. "Eu queria que fosse sempre assim."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.