Torcida do Paysandu pronta para tudo

A torcida do Paysandu não esconde sua inquietação com o time titular que enfrenta o Corinthians nesta quinta-feira, no Pacaembu, em São Paulo: os jogadores tanto podem se superar dentro de campo, conseguindo até mesmo uma vitória, como tomar uma goleada. Alguns jogadores não escondiam a ansiedade antes da viagem para São Paulo, prometendo que tudo será diferente do apático time das três derrotas consecutivas, duas delas dentro de casa. Com 11 pontos, os paraenses continuam rondando a zona de rebaixamento.Após a demissão de Paulo Campos, quem comandará o time mais uma vez é o interino Sinomar Naves, um paraense que só é chamado quando o clube entra em crise. Ele deve optar por um esquema mais defensivo, reforçando o meio-campo com três volantes. A ordem é explorar os contra-ataques.O zagueiro Alex Pinho volta ao time titular, formando dupla com o estreante e ex-corintiano João Carlos. O volante Carlos Alberto, que atuou no ano passado pelo Botafogo, é outro que fará sua estréia. Ele disse ainda não estar na plenitude da forma física, mas espera suportar os 90 minutos."Sei que o Paysandu precisa dessa reabilitação e nada melhor que uma vitória fora", disse o atacante Robson, artilheiro do time, com sete gols. Robson está sendo pretendido pelo Grêmio e comunicou ao presidente Arhur Tourinho que poderá deixar o clube. Com 36 anos, ele tem prometido encerrar a carreira no Pará, onde é ídolo da torcida. Pelo jeito, mudou de idéia.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.