Rubens Chiri|São Paulo
Rubens Chiri|São Paulo

Torcida faz festa na chegada do São Paulo ao Maranhão; veja o vídeo

Grande tumulto marca a chegada da equipe que vai enfrentar o Moto Club na estreia na Copa do Brasil

Gonçalo Junior, O Estado de S.Paulo

08 Fevereiro 2017 | 12h39

Uma grande festa marcou a chegada da delegação do São Paulo a São Luís, capital do Maranhão, para a estreia na Copa do Brasil diante do Moto Club. Os torcedores ficaram nos braços da torcida. Literalmente. Na madrugada desta quarta-feira, os torcedores praticamente impediram o desembarque os jogadores tanto no aeroporto como na chegada ao hotel. O técnico Rogério Ceni, um dos mais assediados pelos torcedores, foi chamado de "Mito" pela multidão.

É a primeira vez em 19 anos que o São Paulo vai jogar no Maranhão. Em busca do inédito título da Copa do Brasil, o São Paulo joga nesta quinta-feira, às 21h30 (horário de Brasília), no Castelão. De acordo com o novo regulamento, o jogo é único e define a classificação à próxima fase. O São Paulo joga com a vantagem do empate. Em cada confronto do torneio, os times melhores ranqueados visitam os de pior ranking. 

A segunda fase será disputada no mesmo formato. Somente a partir da terceira fase, com 20 equipes, entrará o critério do gol qualificado com partidas de ida e volta. Se perder, o time vai amargar uma classificação vexatória, ainda na primeira fase do torneio.

“Nossa preparação é a mesma de todos os jogos. Não tem preocupação por ser jogo único, porque o São Paulo sempre entrar para vencer. O empate é nosso, mas se formos com essa mentalidade podemos perder. Vamos para cima para colocar nossa identidade. Infelizmente estreamos com derrota no estadual, mas é bola pra frente. Temos tudo para sair classificado”, avaliou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.