Sátiro Sodré/SSpress
Sátiro Sodré/SSpress

Torcida faz protesto durante treino do Botafogo após empate no Brasileirão

Dirigentes, comissão técnica e jogadores foram hostilizados por conta de péssima fase do clube

AE, Agência Estado

26 de maio de 2014 | 19h40

RIO - O mau momento do Botafogo parece cada vez mais longe de terminar. Com apenas uma vitória em sete jogos e abrindo a zona de rebaixamento do Brasileirão, o time carioca agora precisa conviver com os desfalques. E, para completar, um grupo de torcedores foi protestar durante o treino da equipe nesta segunda-feira, na zona oeste do Rio.

Nesta segunda-feira, aproximadamente 30 torcedores acessaram a arquibancada do Estádio Eustáquio Marques, no Rio, durante a reapresentação do elenco que empatou com o Vitória no dia anterior. Eles hostilizaram dirigentes, comissão técnica e jogadores. Apenas o lateral Edilson e o atacante Emerson foram poupados.

Não bastasse a pressão da torcida, o técnico Vagner Mancini precisa encontrar soluções para escalar o time que enfrenta o Palmeiras, nesta quarta-feira, em Presidente Prudente (SP). O maior problema para ele é o meio-de-campo. Os volantes Airton e Bolatti são dúvida - o primeiro passou mal no intervalo do jogo com o Vitória, enquanto o argentino saiu mais cedo sentindo cãibras.

Além disso, o volante Gabriel tomou o terceiro cartão amarelo, enquanto Marcelo Mattos, Carlos Alberto e Daniel, todos lesionados, só devem voltar a jogador depois da Copa do Mundo.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolBotafogoBrasileirão

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.