Reprodução
Reprodução

Torcida invade treino do Vasco, cobra técnico e clube lamenta: 'Injustificável'

Membros de uma organizada cobram Sá Pinto e principalmente os jogadores Talles Magno e Leandro Castan

Redação, Estadao Conteudo

10 de dezembro de 2020 | 13h07

Integrantes de uma torcida organizada invadiram o treino do Vasco na manhã desta quinta-feira, no CT do Almirante, no Rio de Janeiro. Eles criticaram o desempenho recente da equipe e fizeram cobranças ao técnico Ricardo Sá Pinto e ao elenco. Os jogadores Talles Magno e o Leandro Castan foram os mais citados pelos torcedores.

Membros da organizada divulgaram vídeos em que mostram o momento da invasão, aparentemente sem maior dificuldade para entrar. Eram cerca de 20 torcedores que entraram no CT e se dirigiram diretamente ao treinador e aos jogadores já no gramado. Sá Pinto chegou a discutir com eles.

O técnico português pediu calma e chegou a indicar que poderia deixar o clube, caso não houvesse condições de seguir o trabalho. Em má fase, o time carioca ocupa apenas a 17ª colocação da tabela do Brasileirão, na zona de rebaixamento, com 24 pontos. O Vasco chegou a liderar a classificação no início do campeonato.

Minutos depois da invasão, a direção do clube emitiu comunicado para lamentar o episódio. "O Club de Regatas Vasco da Gama compreende a insatisfação de seus torcedores e entende que os resultados em campo estão aquém do esperado, mas é absolutamente injustificável que jogadores e comissão técnica sejam ameaçados e intimidados em seu local de trabalho."

O clube prometeu "providências" para evitar novas invasões. "O futebol brasileiro já deu inequívocas provas de que este tipo de ação, além de ilegal, não surte qualquer efeito prático positivo. Providências já foram tomadas para que episódios como o desta quinta não voltem a se repetir. O Vasco reafirma que atletas, comissão técnica e diretoria estão comprometidos e empenhados em reverter a situação no Campeonato Brasileiro."

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.