Torcida invade treino e cobra mais empenho de Jobson

Quatro integrantes de uma torcida organizada do Botafogo invadiram, nesta sexta-feira, o Engenhão para cobrar mais empenho e comprometimento do atacante Jobson. Segundo a assessoria do clube, os manifestantes não chegaram a conversar com o jogador, que participava de um treinamento fechado à imprensa.

AE, Agência Estado

19 de novembro de 2010 | 20h18

Os torcedores teriam chegado apenas até a pista de atletismo, dirigido algumas palavras ao atacante e foram retirados pela segurança. "A gente pediu ao Jobson para que ele lesse a biografia do Garrincha. Nosso maior ídolo se perdeu por causa de noitada, ele não pode repetir isso. Ele está andando com alguns flamenguistas e fazendo até alguns símbolos deles", disse um torcedor.

Na semana passada, o jogador faltou a um treino e foi punido pela diretoria. Esse ato de indisciplina de Jobson, na reta final do Campeonato Brasileiro, em que o Botafogo luta por uma vaga na Copa Libertadores, revoltou os manifestantes. No domingo, a equipe enfrenta o Internacional, no Engenhão, pela 36.ª rodada.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolCampeonato BrasileiroBotafogo

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.