Torcida move Atlético-PR contra o Palmeiras

O Atlético Paranaense quer aproveitar a força de sua torcida na Arena da Baixada e o embalo pela classificação para a próxima fase da Copa Sul-Americana para derrotar o Palmeiras, às 16 horas deste domingo, e ficar de fora da zona de rebaixamento do Brasileirão sem depender de outros resultados. "A vitória nos enche de moral, ficamos satisfeitos e com mais confiança", destacou o volante Alan Bahia, sobre o triunfo nos pênaltis em cima do São Paulo, no Morumbi. Contra o Palmeiras, o Atlético defende um tabu: nunca perdeu para o rival jogando na Arena da Baixada desde que o estádio foi reformulado, na década de 1990. Além disso, embora tenha uma campanha apenas regular em casa neste Brasileiro, com cinco vitórias, cinco empates e uma derrota em 11 jogos, enfrenta um time marcado pelo mau desempenho como visitante: o Palmeiras venceu só duas em 11 partidas fora de casa, o pior aproveitamento entre os candidatos ao título.O técnico Mário Sérgio poderá contar o goleiro Galatto e o zagueiro Danilo, recuperados de contusões. Os meias Ferreira e Julio dos Santos retornam, depois de terem sido poupados do jogo contra o São Paulo. "O grupo tem que estar bem fechado, bem unido, criar coragem e botar a cara para bater, porque precisa reverter o quadro", cobrou o goleiro Galatto.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.