Alex Silva/ Estadão Conteúdo
Alex Silva/ Estadão Conteúdo

Torcida organizada do Palmeiras exige retratação de Luiz Adriano após gesto de silêncio

Centroavante volta a marcar na vitória sobre o Sport e recebe críticas por comemoração

Redação, Estadão Conteúdo

26 de outubro de 2021 | 13h16

Luiz Adriano vinha sofrendo muitas críticas pela ausência de gols no Palmeiras. Depois de desperdiçar chances no primeiro tempo contra o Sport, segunda-feira, enfim desencantou, ao empatar em uma bola que bateu nele, sem querer, no Allianz Parque. Ao invés de fazer as pazes com a torcida, o atacante optou por pedir silêncio aos críticos com o gesto do dedo na boca em direção às arquibancadas, irritando ainda mais a Mancha Alviverde, principal organizada do clube, que exigiu uma retratação do centroavante.

O atacante não marcava um gol há sete jogos e ainda viu o companheiro Deyverson tentar impedi-lo de fazer o gesto na hora de comemorar o seu gol do desencanto. Mesmo assim, o camisa 10 preferiu peitar as arquibancadas. Ele acabou substituído com dores no joelho esquerdo e o Palmeiras buscou a virada, para festa do torcedor. A rebeldia, porém, não foi perdoada.

A torcida definiu o gesto de Luiz Adriano como um "desrespeitoso cala boca" em dia de festa e bela apresentação do Palmeiras no Allianz Parque, pelo Brasileirão, e vitória por 2 a 1. Através das redes sociais, a Mancha fez cobrança dura.

"Quem ele pensa que é? Estamos nos aproximando do dia de uma grande final no Uruguai (contra o Flamengo, na Libertadores) e tal atitude desse jogador só traz estresse sem necessidade. Exigimos uma retratação do jogador para com seus torcedores que pagam o seu salário", cobrou a organizada.

Também exigiu uma punição do clube. "Se um jogador faz o tal gesto para torcida adversária, ele é punido dentro de campo (cartão amarelo, ou dependendo da gravidade, vermelho) e esperamos que a diretoria do Palmeiras dê uma punição ao mesmo. Luiz Adriano, presta atenção, muito respeito com a torcida do Verdão!!!"

O Palmeiras volta a campo no domingo, em visita ao Grêmio. Depois faz o clássico com o Santos, na Vila Belmiro, dia 6. O reencontro de Luiz Adriano com a torcida, em casa, será apenas dia 10 de novembro, contra o Atlético-GO. Tempo suficiente para eles se entenderem.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.