Amanda Perobelli/Estadão - 26/11/2016
Amanda Perobelli/Estadão - 26/11/2016

Torcida organizada do Palmeiras pede a demissão do técnico Cuca

Em comunicado, Mancha Alviverde critica resultados ruins do treinador e cobra a troca de comando da equipe

O Estado de S. Paulo

22 de agosto de 2017 | 14h58

A principal torcida organizada do Palmeiras, a Mancha Alviverde, publicou nesta terça-feira um manifesto para pedir a saída do técnico Cuca do comando do time. No comunicado, a facção reconhece a importância dele para a conquista do Campeonato Brasileiro do ano passado, porém considerada que nesta segunda passagem o treinador faz um trabalho abaixo do esperado.

Uma semana depois de atacar a cúpula do Palmeiras e pedir a saída do diretor de futebol, Alexandre Mattos, a torcida voltou a criticar a má fase do clube. O texto compara a situação de Cuca à de Luiz Felipe Scolari e Vanderlei Luxemburgo, outros treinadores vencedores no time em outras épocas e que em passagens posteriores, tiveram resultados inferiores à expectativa.

"Obrigado pelo Brasileiro de 2016, mas o trabalho não está caminhando e nem dá mostras de que vai caminhar! O jogo contra a Chapecoense foi uma prova disso. Defesa perdida, entramos com 2 meias, mas mal criamos chances de gol. Tudo isso contra um time que acabara de voltar do Japão!", diz o comunicado da torcida.

A Mancha Alviverde criticou também no conteúdo o presidente do Palmeiras, Mauricio Galiotte, por não ter tomado uma atitude sobre o técnico. "Se o treinador insiste em dizer que já pediu demissão algumas vezes, então o demita. Não seja covarde, o pior é aquele que erra por omissão. Você vem sendo omisso em momento de crise. Não se posicionando, não dando a cara", afirmou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.