Torcida organizada realiza protesto na frente do CT do Palmeiras neste sábado

SÃO PAULO - A principal torcida organizada do Palmeiras, Mancha Alviverde, vai organizar um protesto neste sábado, a partir das 10h, na frente da Academia de Futebol, contra jogadores e direção do Palmeiras. Os torcedores enviaram um comunicado para a imprensa informando que não aguentam mais sofrer e que a reformulação no clube será difícil por causa dos problemas políticos.

Daniel Batista, O Estado de S.Paulo

23 de novembro de 2012 | 20h19

Além disso, a torcida promete protestar contra o gerente de futebol, César Sampaio, o vice-presidente Roberto Frizzo e os jogadores Daniel Carvalho, Thiago Heleno, Maikon Leite, Luan, Valdivia e Leandro Amaro, que foi chamado de gambá no comunicado.

A Mancha pede também que todos os candidatos à presidência apresentem seus planos de governo e prometem pegar no pé do presidente Arnaldo Tirone, principalmente pelo fato dele ter ido à praia no dia seguinte ao rebaixamento.

No comunicado, a organizada promete um protesto irônico, mas em clima de paz.

Tudo o que sabemos sobre:
PalmeirasFutebol

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.