Torcida pressiona Corinthians no treino no Parque São Jorge

Gustavo Nery também desfalca a equipe contra o Vasco; ingressos para o jogo de quarta estão esgotados

Cosme Rímoli, do Jornal da Tarde,

24 de novembro de 2007 | 19h01

A torcida já avisou: "Se o Corinthians não ganhar, o pau vai quebrar, o pau vai quebrar, o pau vai quebrar." Não bastasse o constrangedor coro de 500 torcedores durante todo o treino deste sábado, no Parque São Jorge, o técnico Nelsinho Baptista recebeu a notícia que mais temia do departamento médico: ele perdeu seu quarto titular para a fundamental partida contra o Vasco, quarta-feira, no Pacaembu. Depois de Finazzi, Zelão e Moradei, o Corinthians não terá Gustavo Nery em campo. O jogador não se recuperou de uma distensão na coxa esquerda e pode até não enfrentar o Grêmio, em Porto Alegre, no último jogo no Brasileiro. "Já está definido: contra o Vasco, Gustavo Nery não vai jogar, e vamos ver se conseguimos recuperá-lo para a partida contra o Grêmio. Mas não há a certeza nem disso", lamentou o técnico. "Mas nós acreditamos no Carlão, que vai jogar pela esquerda", disse Nelsinho, tentando passar o máximo de convicção. Gustavo Nery era o desafogo tático corintiano. Sem um meia experiente para alimentar o ataque e ditar o ritmo do Corinthians, era ele quem Nelsinho via com condições de assumir a função durante as partidas decisivas que a equipe tem pela frente. Time definido e enfraquecido O treinador do Corinthians fez sua obrigação, de mostrar confiança nos reservas. Até porque ele definiu neste sábado o time que precisa vencer o Vasco - e está longe de ser confiável. Nelsinho vai contar com Felipe; Fábio Ferreira, Fábio Braz e Betão; Iran, Bruno Octávio, Carlos Alberto, Lulinha e Carlão; Dentinho e Arce. A principal preocupação imediata de todos é com a ausência de Finazzi para o resto do Brasileiro. Sem o principal artilheiro corintiano, há o receio de que não tenha quem faça os gols necessários para a sobrevivência na Série A. "Finazzi é o nosso artilheiro. A diretoria tem de brigar, tentar o efeito suspensivo ou o que for para ele enfrentar o Grêmio. Mas eu tenho de dizer que o nosso ataque ganhou em velocidade com a entrada de Arce. Ele tem feito em média dois gols por treino", destacou Nelsinho. O fato mais irônico da situação é que o Corinthians precisa demais de um jogador desprezado durante quase todo o ano - já é certo de que será dispensado do Parque São Jorge após o Brasileirão. Arce foi contratado pelo demitido técnico Leão com a promessa de ser um jogador com o mesmo nível de Nilmar - a única diferença é que nasceu na Bolívia. Não foi o que Arce acabou mostrando dentro do campo. Muito pelo contrário. Ele atuou em 32 partidas e fez frustrantes cinco gols. Com a queda do seu protetor, Arce tornou-se um mero reserva no elenco. "Cada técnico tem a sua filosofia e escala o time que acha ser o melhor. Eu sei da responsabilidade do jogo contra o Vasco e vou fazer o meu melhor", disse o atleta. Pior para o Corinthians que o reserva de Arce seja Wilson. O jogador está mais desanimado do que o boliviano. Wilson já foi oferecido para vários clubes em 2008 e só despertou o interesse da Portuguesa. "Conversei com os dois e tanto o Arce como o Wilson me mostraram muita vontade de entrar contra o Vasco. Eu confio neles", assegurou Nelsinho. Ingressos esgotados Todos os 33.811 ingressos colocados à venda para a partida contra o Vasco - a última que o time fará em São Paulo em 2007 - acabaram neste sábado. A diretoria está preocupada com a importância do jogo. Os dirigentes também resolveram agir rápido em relação à partida de quarta-feira. O número de seguranças será dobrado para proteger os jogadores da torcida no caso de uma eventual derrota. O medo é que eles possam ser agredidos. Na tarde deste sábado surgiu o boato de que o técnico Mano Menezes estaria contratado para 2008. O Corinthians desmentiu oficialmente a informação.

Tudo o que sabemos sobre:
Corinthians

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.