Alex Silva/Estadão
Alex Silva/Estadão

Torcida vai ao Castelão, apoia seleção e vibra com Cafu e Taffarel

Cerca de mil pessoas fazem festa no último treino do time de Dunga

ALMIR LEITE, ENVIADO ESPECIAL A FORTALEZA, O Estado de S. Paulo

12 de outubro de 2015 | 19h23

A torcida cearense finalmente notou a presença da seleção brasileira em Fortaleza. No início da noite desta segunda-feira, cerca de mil pessoas foram ao estádio Presidente Vargas assistir ao último treino da equipe para o jogo contra a Venezuela. Puderam entrar apenas no final, quando os jogadores já faziam um rachão e depois treinaram cobranças de falta. Mas ficaram felizes.

Ao contrário do que havia ocorrido no sábado, quando os cerca de 50 presentes passaram todo o tempo em silêncio, desta vez a participação foi intensa. Os torcedores vibraram a cada gol no rachão, aplaudiram cada lance de efeito, gritaram o nome de alguns deles e fizeram uma homenagem especial ao preparador de goleiros Taffarel e ao auxiliar técnico pontual Cafu. Ambos tiveram seus nomes gritados com entusiasmo.

Ao final do treino, Luiz Gustavo, Fabinho, William, Ricardo Oliveira, Lucas Moura e Gil deram seus uniformes para alguns torcedores.

Depois do fim da atividade, dezenas desses torcedores foram para a frente do portal onde estava o ônibus da delegação esperar a saída dos jogadores. A gritaria continuou, e o técnico Dunga, dessa vez, foi o mais saudado.

Dunga não confirmou o time que enfrenta a Venezuela às 22 horas desta terça-feira no Castelão, mas o time deve atuar com: Jefferson; Daniel Alves, Marquinhos, Miranda e Filipe Luís (Marcelo); Luiz Gustavo, Elias, Lucas Lima (Oscar), Willian e Douglas Costa; Hulk.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.