Torcidas se enfrentam antes de jogo na Arena

A chegada da torcida do Grêmio à Arena da Baixada foi marcada por confusões e violência neste domingo. Segundo a assessoria da Polícia Militar, cinco torcedores do Atlético-PR foram detidos por depredação a dois ônibus que chegavam de Porto Alegre. Os infratores foram liberados posteriormente, mas responderão pelos atos de vandalismo.Além do ataque aos ônibus, um repórter fotográfico do jornal Gazeta do Povo, que registrava a confusão, foi cercado por um grupo de 30 torcedores atleticanos. O profissional foi agredido e ainda teve seu equipamento danificado. Dentro do Estádio, a PM confirmou que um torcedor do Atlético lançou uma bomba na direção da torcida gremista durante o intervalo do jogo. O infrator foi identificado pelos seguranças do clube paranaense e usava uma camisa do Cruzeiro, de Belo Horizonte, no momento que foi detido.Na saída da Arena da Baixada, a PM teve que escoltar os torcedores gremistas até a saída da BR-376, sendo que um dos ônibus ficou em Curitiba, pois não tinha condições de viajar devido aos danos provocados. Em campo, Atlético-PR e Grêmio empataram por 0 a 0.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.