Bruno Cantini/Atlético
Bruno Cantini/Atlético

Torino desiste de Lucas Veríssimo e acerta com zagueiro do Atlético-MG

Time italiano contrata Bremer por metade do valor pedido pelo Santos por Veríssimo

Estadão Conteúdo

09 Julho 2018 | 19h34

Depois fazer um bom negócio ao vender o atacante Rodrygo para o Real Madrid, da Espanha, o Santos tentou aplicar a mesma estratégia de negociação em relação ao zagueiro Lucas Veríssimo, que tinha sua contratação pretendida pelo Torino, da Itália. Mas, desta vez, não deu certo.

+ Destaque da Costa Rica anuncia que está perto de acertar com o Santos

+ Jair minimiza derrota do Santos em amistoso, mas admite: 'Temos muito a melhorar'

O clube italiano viu muitos entraves para comprar o atleta santista, que tinha proposta de 10 milhões de euros (cerca de R$ 45 milhões), e acabou fechando a aquisição do defensor Bremer, do Atlético-MG, pela metade do valor.

No caso de Rodrygo, o presidente do Santos, José Carlos Peres, arrastou a conversa com o Real Madrid e conseguiu acerto importante para o clube. Dos R$ 193 milhões pagos pela equipe espanhola, R$ 172 milhões ficaram no caixa alvinegro.

Mas Rodrygo não é Lucas Veríssimo e Torino não é Real Madrid. Os italianos ofereceram R$ 45 milhões ao Santos, mas 20% desse valor iria para o zagueiro, dono de 10% dos seus direitos econômicos, e para os seus dois empresários (5% para cada). Peres queria a totalidade para o clube e arrastou a negociação, mas perdeu.

O Torino cansou de dialogar com o presidente santista, não aumentou a oferta e encaminhou a contratação de Bremer, de 21 anos, junto ao Atlético-MG. O defensor já fez exames médicos na Europa e aguarda apenas alguns documentos dos mineiros para assinar o contrato. O negócio saiu com mais facilidade e foi mais barato para o clube de Turim.

Agora, oficialmente, Lucas Veríssimo, de 23 anos, que era prioridade dos italianos, não tem outra proposta. O Lyon, da França, tem interesse no jogador, mas dirigentes franceses desembarcam no Brasil apenas no fim do mês para se reunir com a cúpula do Santos.

Por causa da negociação com o Torino, Veríssimo ficou em Santos enquanto o elenco santista viajou para excursão ao México, como parte da preparação da intertemporada. Pelo fiasco na condução do negócio, Peres tem sido criticado por diretores e pelos agentes do jogador.

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.