Juan carlos Ulate/Reuters
Juan carlos Ulate/Reuters

Tormenta Nate adia jogo das Eliminatórias entre Costa Rica e Honduras para sábado

Desastre na Costa Rica e em Nicarágua deixa mortos e feridos; time da casa se classifica com vitória

Estadão Conteúdo

05 Outubro 2017 | 22h50

Os estragos causados pela tormenta Nate na Costa Rica provocaram nesta quinta-feira o adiamento em um dia da partida da seleção local contra Honduras, pela nona e penúltima rodada do hexagonal final das Eliminatórias da Concacaf (Américas do Norte e Central e Caribe) para a Copa do Mundo de 2018, na Rússia. O duelo passou desta sexta, às 23 horas (de Brasília), para sábado, às 19 horas, no estádio Nacional, na capital San José.

+ Confira a tabela das Eliminatórias Sul-Americanas para a Copa do Mundo

O governo da Costa Rica decretou estado de emergência no país, nesta quinta-feira, após as fortes chuvas e inundações da tempestade tropical Nate terem deixado dois mortos e mais de 5 mil pessoas desabrigadas. Assim, o presidente da Federação Costarriquenha de Futebol, Rodolfo Villalobos, tomou a decisão do adiamento em conjunto com os dirigentes de Honduras.

"Nós nos solidarizamos com a situação e consideramos que o jogo deve ser mudado de dia, esperando que as condições climáticas estejam mais favoráveis e assim não colocaríamos os torcedores em risco no estádio", disse Rodolfo Villalobos.

Com 15 pontos em segundo lugar, a Costa Rica garantirá a sua vaga na Copa do Mundo se vencer Honduras - o México, com 18, já está classificado para o torneio na Rússia.

Já Honduras está com nove pontos, na quinta colocação, e disputa contra os Estados Unidos o quarto lugar, que dá uma vaga na repescagem mundial contra o vencedor do duelo asiático entre Síria e Austrália.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.