Torres deve continuar no Flamengo

Depois de livrar o Flamengo do rebaixamento para a Segunda Divisão do Campeonato Brasileiro, o técnico Carlos Alberto Torres conquistou a confiança da diretoria e deve ser mantido no cargo para a temporada de 2002 - o que ainda não foi confirmado oficialmente. O treinador, contratado em regime de urgência para substituir Zagallo, comandou o Rubro-Negro nos últimos três jogos da primeira fase da competição, conquistando duas vitórias.Um empecilho para a sua renovação pode ser o alto salário. Para a árdua missão de livrar o Flamengo do rebaixamento, Torres aceitou receber R$ 80 mil por um mês e meio de contrato, mais R$ 600 mil de premiação (R$ 200 mil por tirar a equipe da 2ª Divisão, igual parcela por classificá-la à final da Copa Mercosul e, o restante, receberá se conquistar o título da competição). Os entendimentos para a renovação do contrato do treinador começaram nesta terça-feira.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.