Reuters/Paul Childs
Reuters/Paul Childs

Tottenham anuncia mais atrasos e novo estádio não ficará pronto até março

Pela programação inicial, arena com capacidade para receber 62 mil torcedores deveria receber seu primeiro jogo em setembro do ano passado

Redação, Estadão Conteúdo

09 Janeiro 2019 | 10h37

Novos atrasos nas obras do estádio do Tottenham vão fazer a equipe londrina seguir jogando em Wembley neste mês e também em fevereiro. De acordo com a diretoria do clube inglês, a nova arena não ficará pronta até março.

Pela programação inicial do clube, o novo estádio, com capacidade para receber 62 mil torcedores, deveria receber seu primeiro jogo em setembro do ano passado. Mas seguidos atrasos nas obras acabaram adiando a abertura da arena.

Em comunicado, o Tottenham anunciou que suas próximas partidas em casa continuarão a ser disputadas em Wembley: Watford, no dia 30, Newcastle, em 2 de fevereiro, e Leicester City, em 10 de fevereiro. O tradicional estádio londrino também vai sediar o duelo contra o Borussia Dortmund, no dia 13 de fevereiro, pelas oitavas de final da Liga dos Campeões.

O presidente do Tottenham, Daniel Levy, pediu desculpas pelos seguidos atrasos nas obras. "Eu gostaria de pedir desculpas aos nossos torcedores e agradecer por sua contínua paciência", declarou o dirigente. "Vamos buscar esclarecer a programação de testes do local e as datas exatas para fornecer mais informações a vocês nas próximas duas ou três semanas."

O Tottenham parou de jogar no estádio White Hart Lane em maio de 2017. Na sequência, a arena foi demolida para dar lugar a uma nova estrutura no mesmo lugar.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.