Will Oliver|EFE
Will Oliver|EFE

Tottenham cede empate e Leicester pode ser campeão inglês no domingo

Clube londrino não passa do 1 a 1 contra West Bromwich

Estadão Conteúdo

25 de abril de 2016 | 18h03

O Tottenham sofreu um duro tropeço nesta segunda-feira que pode ser decisivo para a definição do título inglês. Jogando em casa, o time londrino saiu na frente contra o West Bromwich, então 14º da tabela, mas cedeu o empate por 1 a 1 no segundo tempo. Com o resultado, o líder Leicester City pode se sagrar campeão inglês se vencer o Manchester United no domingo.

O empate fez o vice-líder Tottenham alcançar os 69 pontos, contra 76 do Leicester. Uma vitória no domingo levaria o primeiro colocado aos 79, faltando aí duas rodadas para o fim do campeonato. O Tottenham enfrentará o Chelsea na próxima segunda-feira e, mesmo se vencesse, não passaria dos 72, sem conseguir anular a desvantagem de sete pontos nas duas rodadas finais.

Pressionado pelo Leicester, que aplicou 4 a 0 no Swansea no domingo, o Tottenham entrou em campo nesta segunda com a obrigação de vencer para seguir com uma chance razoável de chegar ao título. E, diante de sua torcida, parecia seguir neste caminho no primeiro tempo, principalmente após abrir o placar.

O gol saiu aos 33 minutos de jogo, quando Craig Dawson completou contra as próprias redes cobrança de falta do ataque do Tottenham. Antes do gol, o time da casa já havia acertado a trave duas vezes. O placar refletia o domínio dos anfitriões no estádio White Hart Lane.

Mas a história seguiu outro rumo no segundo tempo. E Craig Dawson, então vilão do West Bromwich, teve papel de herói ao marcar o gol de empate. Após cobrança de escanteio, ele escorou de cabeça para as redes, aproveitando vacilo na saída do goleiro Lloris, aos 28 minutos. O gol silenciou a torcida da casa, abalada pela chance desperdiçada nesta segunda.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.