Ian Kington/AFP
Ian Kington/AFP

Tottenham confirma lesão grave de Kane e fratura na mão de Dele Alli

Dupla se machucou em duelo contra o Manchester City, pela Liga dos Campeões

Redação, Estadão Conteúdo

11 de abril de 2019 | 18h46

O Tottenham confirmou que o astro do time, o centroavante Harry Kane, sofreu uma lesão grave no tornozelo esquerdo e terá de passar por novos exames para poder estipular quanto tempo ficará fora de combate.

Em comunicado divulgado nesta quinta-feira, o clube inglês informou que Kane sofreu uma "lesão significativa no ligamento lateral do tornozelo esquerdo" e que "ele continuará a ser avaliado pela equipe médica nos próximos dias". O tempo de recuperação só deve ser determinado após o inchaço diminuir.

Na última terça-feira, no primeiro duelo das quartas de finais da Liga dos Campeões contra o Manchester City, que terminou com vitória do Tottenham por 1 a 0, Kane levou um pisão de Delph no tornozelo esquerdo em uma dividida e, com muitas dores, deixou a partida mancando.

Não é a primeira lesão sofrida por Kane no tornozelo nesta temporada. Ele machucou o local em duelo contra o Manchester United, em 13 de janeiro, e ficou um mês fora dos gramados. Na entrevista coletiva depois da vitória sobre o City, o técnico Mauricio Pochettino disse que é provável que seja o mesmo problema.

O clube inglês também comunicou que Dele Alli fraturou a mão esquerda e, assim como Kane, será reavaliado para saber sua real condição. O caso do meia causa menos preocupação e é possível até que esteja disponível para o duelo do próximo sábado diante do Huddersfield, pelo Campeonato Inglês, em que a equipe ocupa a quarta posição, com 64 pontos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.