Frank Augstein/AP
Frank Augstein/AP

Tottenham elimina o Arsenal da Copa da Liga Inglesa; Chelsea também avança à semi

Dele Alli marca golaço e contribui para triunfo por 2 a 0 no clássico londrino em pleno estádio Emirates

Redação, Estadão Conteúdo

19 de dezembro de 2018 | 20h10

Atuando na casa do seu maior rival, o Emirates Stadium, o Tottenham venceu o Arsenal por 2 a 0 no clássico londrino desta quarta-feira e garantiu vaga nas semifinais da Copa da Liga Inglesa. O sul-coreano Son e o meia Dele Alli marcaram os gols do triunfo da equipe de Londres. Em outra partida realizada na noite desta quarta-feira, o Chelsea também assegurou lugar no próximo estágio da competição ao superar o Bournemouth por 1 a 0, também em Londres, no estádio Stamford Bridge, graças a um gol marcado por Hazard.

No clássico realizado no Emirates Stadium, o Arsenal começou melhor sob apoio de sua torcida, tratou de ir para cima do Tottenham e quase abriu o placar nos primeiros 11 minutos em duas finalizações de Mkhitaryan e uma de Ramsey. Em uma delas, Mkhitaryan ficou na cara do gol, mas teve o seu arremate defendido pelo goleiro Gazzaniga.

Após os sustos, o Tottenham acabou fazendo o seu primeiro gol no jogo aos 20 minutos. Após lançamento de Gazzaniga, Dele Alli aproveitou uma bola sobrada de uma trombada do brasileiro Lucas Moura com Sokratis e acionou Son. O sul-coreano invadiu livre nas costas da zaga e tocou no canto direito de Cech para abrir o placar.

Aos 42 minutos, o Arsenal quase empatou em uma finalização de Ramsey na qual Gazzaniga espalmou e viu a bola bater em sua trave direita. Não era mesmo o dia do time da casa, que depois veria o Tottenham ampliar o placar na etapa final com um golaço.

Apenas um minuto depois de substituir o brasileiro Lucas, o poupado Harry Kane recebeu um passe de Gazzaniga, matou a bola no peito e deu belo lançamento para Dele Alli, que invadiu a área com liberdade nas costas de Koscielny. Com extrema categoria, o meia tocou por cima de Cech para garantir o 2 a 0.

Depois disso, Lacazette e Aubameyang acertaram a trave em outros dois lances ofensivos desta infeliz noite do Arsenal, que viu a torcida do Tottenham fazer uma grande festa atrás do gol em que Dele Alli selou o triunfo por 2 a 0.

Já o Chelsea, mesmo jogando em casa nesta quarta-feira, sofreu muito para confirmar favoritismo diante do Bournemouth. Marcou o gol da vitória por 1 a 0 apenas aos 39 minutos do segundo tempo, quando o belga Hazard completou um cruzamento do brasileiro naturalizado italiano Emerson Palmieri em um lance no qual a bola desviou no braço de um defensor antes de entrar na meta.

No finalzinho do jogo, o time londrino foi pressionado pelo Bournemouth, mas a equipe visitante não conseguiu marcar o gol de empate, que seria suficiente para levar a disputa da vaga nas semifinais às cobranças de pênaltis.

Os confrontos das semifinais serão definidos ainda nesta quarta, por meio de sorteio, no qual também estarão envolvidos como participantes o Manchester City e o Burton Albion. Na última terça-feira, o time comandado por Pep Guardiola avançou ao passar pelo Leicester nos pênaltis, por 3 a 1, após empate por 1 a 1 no tempo normal. Já o Burton, da terceira divisão inglesa, despachou o Middlesbrough com um triunfo por 1 a 0.

 

 

Notícias relacionadas

    Encontrou algum erro? Entre em contato

    Tendências:

    O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.