Kisrty Wigglesworth/AP
Kisrty Wigglesworth/AP

Tottenham goleia Chelsea em partida inspirada de Kane

Garoto participou de todos os gols da vitória por 5 a 3 em White Heart Lane; resultado põe Manchester City também na liderança

Estadão Conteúdo

01 de janeiro de 2015 | 18h05

A primeira rodada de 2015 do Campeonato Inglês, no primeiro dia do ano, terminou de forma surpreendente. Com um futebol envolvente e objetivo, o Tottenham confirmou a sua recuperação ao derrotar o líder Chelsea por 5 a 3, nesta quinta-feira, no clássico londrino, disputado no estádio White Hart Lane, pelo encerramento da 20.ª rodada, a primeira do returno.

O resultado provocou uma reviravolta na tabela de classificação. O Tottenham conseguiu galgar duas posições, ultrapassando Arsenal e West Ham, e subiu para a quinta colocação, com 34 pontos. Hoje estaria classificado para a próxima edição da Liga Europa.

Mas a surpresa mesmo vem no topo. Com a derrota por 5 a 3, Chelsea e Manchester City, que mais cedo havia derrotado o Sunderland por 3 a 2, estão empatados em todos os critérios de desempate. Ambos têm 46 pontos, 25 gols de saldo e 44 gols marcados. Assim, como determina o regulamento, seria necessário um jogo extra em campo neutro para definir o campeão da temporada.

O revés na casa do Tottenham foi apenas a segunda derrota do Chelsea no campeonato. Contra os clubes de Londres, o time comandado pelo técnico português José Mourinho estava invicto e com 100% de aproveitamento - havia vencido os cinco jogos anteriores pelo primeiro turno (o próprio Tottenham, Arsenal, Crystal Palace, West Ham e Queens Park Rangers).

Em campo, o Chelsea parecia que tomaria conta do jogo. Aos 16 minutos, abriu o placar com Diego Costa - um chute de Hazard pegou na trave, na sobra Oscar bateu cruzado da esquerda e o brasileiro naturalizado espanhol desviou para as redes. Só que começou a dar espaços e, aos 29, Harry Kane arriscou de fora da área e mandou no canto do goleiro Courtois para empatar.

Tudo caminhava para um empate no intervalo, mas o Tottenham marcou duas vezes no fim do primeiro tempo. Aos 42 minutos, Danny Rose aproveitou rebote de uma bola na trave e mandou para o gol. Depois, aos 46, o zagueiro Tim Cahill cometeu pênalti em Kane e Townsend converteu.

Logo na volta do intervalo o Tottenham marcou mais um e praticamente definiu o jogo. Aos 7 minutos, Kane se livrou da marcação de John Terry e mandou no canto esquerdo de Courtois. Batido, o Chelsea só conseguiu esboçar uma reação diante do erro de Fazio na saída de bola do Tottenham - Hazard roubou a bola, tabelou na entrada da área e bateu para o gol, fazendo 4 a 2 aos 17.

Para acabar de vez com as chances do Chelsea, Chadli recebeu passe e bateu forte para fazer 5 a 2 para o Tottenham. Terry ainda marcou aos 40, mas tarde demais para buscar um empate.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.