Adrian Dennis/AFP
Adrian Dennis/AFP

Tottenham suspende torcedor que atirou copo no goleiro Kepa, do Chelsea

Incidente ocorreu no segundo tempo da partida disputada no estádio do Tottenham e que terminou com vitória por 2 a 0 dos visitantes

Redação, Estadão Conteúdo

24 de dezembro de 2019 | 12h14

O Tottenham informou nesta terça-feira que identificou e baniu o torcedor que atirou um copo de água no goleiro do Chelsea, Kepa Arrizabalaga, durante duelo entre as duas equipes no domingo, pela 18ª rodada do Campeonato Inglês. O incidente ocorreu no segundo tempo da partida disputada no estádio do Tottenham e que terminou com vitória por 2 a 0 dos visitantes, com dois gols do brasileiro Willian. O torcedor, que estava atrás do gol defendido por Kepa, arremessou o copo em direção ao goleiro, mas não conseguiu acertá-lo.

"Continuaremos a tomar as medidas mais fortes possíveis contra qualquer um que esteja se comportando dessa maneira", informou o Tottenham, por meio de comunicado oficial. O clube londrino também informou no mesmo comunicado que a "investigação sobre o suposto abuso racista contra o zagueiro do Chelsea Antonio Rudiger continua em andamento". As autoridades ainda não identificaram o agressor.

O ato racista aconteceu na mesma partida. Na ocasião, Rudiger ouviu um torcedor do Tottenham fazendo sons de macaco em sua direção depois de ele ter sido o pivô da expulsão do sul-coreano Son. O jogador alemão avisou o árbitro Anthony Taylor, que ordenou o anúncio, nos alto-falantes do estádio, de que a manifestação racista estava atrapalhando o andamento do jogo, seguindo o primeiro passo do protocolo antirracismo da Fifa e da Uefa. Nas redes sociais, Rudiger cobrou ação rápida das autoridades.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.