Will Oliver/EFE
Will Oliver/EFE

Tottenham vira sobre o Sunderland e encosta nos líderes do Inglês

Equipe está somente quatro pontos atrás do Arsenal, 1ª colocado

Estadão Conteúdo

16 de janeiro de 2016 | 12h45

O Tottenham levou um susto neste sábado, mas goleou o Sunderland em casa e embolou ainda mais as primeiras colocações do Campeonato Inglês. Diante de sua torcida, a equipe saiu perdendo no primeiro tempo, virou e goleou por 4 a 1, na abertura da 22.ª rodada da competição.

O resultado levou o Tottenham a 39 pontos, ainda na quarta posição, mas agora a somente quatro pontos do líder Arsenal. Vale lembrar que os três primeiros colocados ainda atuam na rodada. Já o Sunderland segue assombrado pelo fantasma do rebaixamento na penúltima posição da tabela, com somente 18 pontos.

O Tottenham começou o jogo pressionando, mas sem conseguir criar. Acabou castigado aos 40 minutos, quando Adam Johnson, ex-Manchester City, deu enfiada perfeita para Van Aanholt, que invadiu a área pela esquerda e bateu firme para marcar.

Mas nem deu para comemorar, porque pouco mais de um minuto depois, o Tottenham empatou. Eriksen tocou para Kane, que finalizou em cima do goleiro. No rebote, o próprio Eriksen bateu, meio mascado, para o gol. Cattermole estava em cima da linha e tentou tirar, mas foi traído pelo quique da bola e só desviou para a rede.

Os donos da casa voltaram melhores para a etapa final e não encontraram dificuldades para ampliar e chegar à goleada. Logo aos 14 minutos, após escanteio da esquerda e sobra na entrada da área, Dembele cortou para o pé esquerdo e bateu firme para marcar.

Aos 21, Eriksen marcou mais um. Ele recebeu na intermediária, avançou e encheu o pé de esquerda. A bola desviou e morreu no ângulo esquerdo. Faltava o de Harry Kane, e ele saiu aos 33. Rose invadiu a área pela esquerda e sofreu pênalti. O atacante bateu firme no canto direito do goleiro e selou a goleada.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.