Totti comemora volta da boa forma e acredita em título

Ao final da partida em que a Itália venceu a Ucrânia por 3 a 0, nesta sexta-feira, pelas quartas-de-final desta Copa, a euforia tomou conta da delegação italiana. Mas um jogador tinha um motivo espacial para comemorar: Francesco Totti, que fraturou o pé meses antes da competição e era dúvida até a véspera da primeira partida da seleção italiana."Depois de muito trabalho, eu finalmente voltei a estar em minha melhor forma. E meus companheiros me ajudaram bastante", afirmou o jogador, neste sábado. Totti ficou no banco na partida pelas oitavas-de-final, contra a Austrália, e acabou entrando no segundo tempo e marcando o gol de pênalti que valeu a classificação de sua equipe à fase seguinte. Conquistou a confiança do treinador e saiu jogando contra os ucranianos, tendo sido um dos destaques da partida.Com a vitória sobre a Ucrânia, a Itália chegou a uma fase semifinal pela primeira vez desde a Copa de 1994, quando venceu a Bulgária por 2 a 1 e passou à final, contra o Brasil - e perdeu o título na disputa por pênaltis. E os italianos não comemoram um título desde o Mundial de 1982. "Faz muito tempo", disse Totti. "Acho que esse ano podemos voltar a vencer".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.