Totti fala em voltar a defender a seleção italiana

O atacante Francesco Totti, da Roma, afirmou nesta terça-feira que pretende voltar à seleção da Itália. Ele deixou a equipe depois da Copa do Mundo de 2006, quando os italianos conquistaram o tetracampeonato.

AE-AP, Agencia Estado

13 de outubro de 2009 | 09h19

"Só depende do treinador [Marcello Lippi] e das minhas condições físicas", disse Totti, de 33 anos, ao jornal La Gazzetta dello Sport. Em 53 partidas pela seleção, ele marcou nove gols; na atual temporada do Campeonato Italiano, fez seis em sete rodadas pela Roma.

Se depender mesmo apenas do treinador, o retorno de Totti pode acontecer em breve. "Ele é uma grande pessoa, e não excluo nenhuma possibilidade. Tenho de avaliar os jogadores que tenho em mãos, mas também os que estão fora do grupo", disse Lippi.

A Itália confirmou classificação para a Copa do Mundo de 2010 no sábado, depois de empate por 2 a 2 com a Irlanda, em Dublin. Os italianos somam 21 pontos no Grupo 8 e encerram sua participação na quarta-feira, contra o Chipre.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.