Tragédia em Gana pode ter 20 mortos

Três dias depois do desabamento da cobertura de um estádio no Irã, causando a morte de 1 pessoa e deixando mais de 250 feridos, outra tragédia abala o futebol mundial. Nesta quarta-feira, uma briga entre as torcidas dos dois principais times de Gana, Hearst of Oak e Kumasi Ashanti, no final da partida pelo campeonato nacional, na capital do país (Accra), precisou ser contida pela polícia e no tumulto, pelo menos 20 pessoas morreram. Os números ainda não foram confirmados oficialmente, mas há centenas de feridos.A confusão começou nos minutos finais do jogo, que estava 2 a 1 para o Hearst of Oak, clube que irá participar do Mundial de Clubes da Fifa, em julho, na Espanha. Nesse momento, os torcedores do Kumasi tentaram atacar a torcida adversária e passaram a jogar objetos no campo. Para acalmar a multidão, a polícia usou bombas de gás lacrimogêneo. Segundo os primeiros relatos dos jornalistas que estavam no local, as portas do estádio permaneceram fechadas, o que acabou agravando o saldo da tragédia.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.