Trajeto da manifestação surpreende polícia no Rio

Os manifestantes surpreenderam há pouco os policiais que acompanham o protesto neste domingo no Rio. Enquanto os PMs que fazem o cordão de isolamento passaram pelo Largo da Segunda-Feira em linha reta, em direção à Rua Heitor Beltrão, os participantes da manifestação subitamente entraram à esquerda, na Rua São Francisco Xavier, que é um dos principais acessos ao Maracanã, estádio que recebe, a partir das 19 horas, a final entre Brasil e Espanha na Copa das Confederações.

MARCELO GOMES E TIAGO ROGERO, Agência Estado

30 de junho de 2013 | 18h00

Surpresos com o trajeto adotado pelos manifestantes, os PMs precisaram dar a volta no quarteirão para voltar a se posicionar à frente da passeata. Houve corre-corre, mas, mesmo assim, os policiais não conseguiram impedir que a Rua São Francisco Xavier fosse interditada.

A PM, então, montou uma grande barreira na esquina com a Rua Mariz e Barros, que fecha completamente a continuidade da manifestação pela São Francisco Xavier. Motoristas estão assustados com a movimentação. O clima é tenso na região.

Os manifestantes, até agora em clima pacífico, tentam se aproximar do Maracanã, mas a policial bloqueia o acesso ao estádio para não atrapalhar a realização da final da Copa das Confederações.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.