Tranquila na Série A, Ponte acerta renovações pensando em 2016

Depois de passar por alguns adversários de peso e de ficar bem perto, de forma matemática, de garantir a sua permanência na elite para o Campeonato Brasileiro em 2016, a diretoria da Ponte Preta resolveu partir já para projetar os planos para a próxima temporada. Nesta sexta-feira, renovou os contratos dos zagueiros: Ferron e Renato Chaves. Outros jogadores serão contactados nos próximos dias.

Estadão Conteúdo

16 de outubro de 2015 | 18h49

Ferron, que tinha contrato só até dezembro, ampliou por todo o ano de 2016. O curioso é que ele chegou há dois meses, de maneira emergencial para cobrir a saída de Pablo, vendido ao Boudeaux, da França. Ele já era conhecido do clube, onde tinha completado mais de 140 jogos.

Outro que saiu do ostracismo para o sucesso foi Renato Chaves. Iniciou a competição na reserva, mas ganhou a vaga de Tiago Alves e se firmou como titular. Então, passou a ser um dos destaques do time no Brasileirão. Por conta de sua história, ganhou contrato de dois anos, até final de 2017.

O gerente de futebol, Gustavo Bueno, confirmou que os contratos de 18 jogadores do atual elenco terminam em dezembro e que os que interessarem serão procurados.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolPonte Preta

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.