Tranqüilidade volta ao Atlético-PR

O Atlético Paranaense deve fazer, contra o Internacional, neste domingo, às 18h10, na Arena da Baixada, a primeira partida com total tranqüilidade desde que iniciou o Campeonato Brasileiro. Além do retorno da confiança após a vitória por 2 a 1 sobre o Cerro Porteño, pela Libertadores da América, acabando com uma seqüência de cinco derrotas, a torcida fez as pazes com a diretoria atleticana, prometendo apoio em tempo integral."A torcida é tudo, é o 12.º jogador", avaliou o atacante Cléo. "Contra o Cerro Porteño tinha menos torcedores que contra o Corinthians, mas fez muito mais barulho". Recém-lançado no time titular, o jogador de 19 anos, que veio da Ferroviária (SP), fez seu primeiro gol. "Para mim é um sonho que está se realizando. É uma alegria que não tem como explicar", disse Cléo.Apesar de o lateral-direito Jancarlos ter sido um dos jogadores que destoaram no jogo contra o Cerro, o técnico Borba Filho deve manter o mesmo time. "Quanto menos a gente tiver que mexer, desde que as coisas estejam funcionando certo, a probabilidade de erro é menor", afirmou o treinador. "Dessa forma, esperamos fazer com que o Atlético, depois de se recuperar emocionalmente e tecnicamente no jogo contra o Cerro Porteño, possa fazer o mesmo contra o Internacional".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.