Guillaume Horcajuelo / EFE
Guillaume Horcajuelo / EFE

Transferência de Alisson pode fazer Internacional lucrar R$ 16,5 milhões

Equipe gaúcha se aproxima de meta de arrecadação com venda de atletas sem perder nenhum jogador do elenco atual

Estadão Conteúdo

19 de julho de 2018 | 14h15

Alisson está perto de se tornar o goleiro mais caro da história, caso o negócio entre Liverpool e Roma seja concretizado. Os valores da negociação são de 66,8 milhões de libras (R$ 334 milhões) - dos quais R$ 16,5 milhões podem parar nos cofres do Internacional. O clube gaúcho revelou o goleiro e, pelas regras da Fifa, tem direito a um valor mecanismo de solidariedade ao clube formador.

+ Apresentado, Alvez diz realizar sonho com chegada ao Inter

+ Destaque da Suíça na Copa, Shaqiri é contratado pelo Liverpool

+ Roma oficializa contratação de Pastore junto ao PSG por R$ 108,7 milhões

Como Alisson chegou ao time colorado com dez anos e ficou até os 23, completando sua formação como atleta integralmente na equipe, o Inter tem direito a 5% do valor de todas as negociações da carreira do arqueiro.

A negociação entre as equipes europeias, por sua vez, parece estar cada vez mais próxima de ser sacramentada. Segundo a imprensa britânica, Alisson estaria em Liverpool realizando exames médicos e deve ser anunciado pelo time em breve. Seria o terceiro brasileiro no elenco do time, ao lado de Roberto Firmino e de outro reforço para a temporada 2018-19, o meiocampista Fabinho.

Com o dinheiro proveniente deste acordo, o Inter se aproxima da meta prevista no orçamento para 2018 de alcançar R$ 55 milhões em venda de atletas, mas sem perder nenhum jogador do elenco principal. O clube arrecadou R$ 10 milhões com a venda de Anselmo, que estava emprestado ao Sport, ao Al-Wheda; R$ 12,95 milhões com o empréstimo de Valdivia, que estava no São Paulo, ao Al-Ittihad; e R$ 4,08 milhões na transferência de Fred do Shakhtar Donetsk para o Manchester United, também pelo mecanismo de auxílio ao clube formador. Dessa forma, já somou R$ 27 milhões nesta forma de arrecadação e, com Alisson, chegaria a R$ 43,5 milhões.

Alisson jogou pelo time profissional entre 2013 e 2016. O arqueiro disputou 107 jogos pelo clube e foi campeão gaúcho quatro vezes: 2013, 2014, 2015 e 2016 (os dois últimos anos como titular). O arqueiro foi vendido por 8 milhões de euros para a Roma.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.