Transferência de Neymar para o PSG é destaque nas capas de jornais europeus

Valor recorde de negociação do brasileiro ganha a primeira página até em periódico especializado em economia

O Estado de S.Paulo

02 de agosto de 2017 | 20h17

Maior transferência da história do futebol, a astronômica negociação de Neymar para o Paris Saint-Germain não passará despercebida pelos principais jornais esportivos da Europa. O valor recorde de R$ 812 milhões a ser pago pela equipe francesa para o Barcelona pelo brasileiro será o maior destaque da mídia do velho continente nas páginas que irão às bancas nesta quinta-feira.

Neymar deixou a equipe catalã na manhã desta quarta informando que assinará contrato com o PSG por 5 anos, com salário que giraria em torno de 30 milhões de euros por temporada - o dobro do que recebia na Espanha. Os altos valores chamam a atenção do mundo do futebol - e também o das financas, uma vez que há duvidas sobre a capacidade dos números se enquadrarem no 'fair play financeiro' regulamentado pela Fifa.

Prova disso é que os 222 milhões de euros - valor da multa rescisória do contrato de Neymar com o Barcelona - serão destacados pelo jornal Financial Times, que não costuma ter o futebol como prioridade, na edição desta quinta: "Neymar livre para negociar transferência recorde de 222 milhões de euros".

 

Um dos principais jornais da França, o L'Equipe publicará em forma de 'alívio'. "Ele chegará: Neymar deve desembarcar hoje (quinta-feira) em Paris e assinar contrato nesta sexta-feira.

 

Já o diário Sport, conhecido por ser catalão e defender os interesses locais, mostra qual pode ser o sentimento do torcedor do Barcelona após confirmada a negociação. "Até nunca".

 


O britânico Metrosport, por sua vez, fala em números absolutos - ou seja, se cumpridos todos os valores do contrato, incluindo salários e demais taxas de negociação. "O homem de 450 milhões de libras: PSG quebra a banca para contratar Neymar".

 

Um dos principais jornais espanhóis, o madridista Marca, ressaltou a que se tornou 'a maior negociação da história do futebol'.

 


Já o catalão L'Sportiú tratou de 'seguir a vida' após o anúncio da negociação, com a foto de um muro que, aparentemente, teria tido a imagem do brasileiro já removida. "Neymar finalmente acerta saída para o PSG e põe fim a semanas de silêncio".

 

Outros jornais, como os ingleses The Times e Mirror Sport, divergem sobre os números máximos do acordo. O primeiro fala em 415 milhões de libras, enquanto que o segundo vai mais longe e chega em 576 milhões na moeda britânica. Algumas publicações européias concordam, ainda, que o meia Philippe Coutinho, do Liverpool, seria o principal alvo catalão para substituir o camisa 10 da seleção brasileira e atuar ao lado de Luis Suárez e Lionel Messi - o argentino, aliás, deu sua 'benção' ao brasileiro na ida para o futebol francês.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.