Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Transferência de Ronaldo gera mais uma reunião em Madri

Adriano Galliani, vice-presidente do Milan, chegou nesta terça-feira ao estádio Santiago Bernabéu, do Real Madrid, para resolver os problemas surgidos na segunda sobre a transferência do atacante brasileiro Ronaldo.Galliani está se reunido no Bernabéu com o presidente do Real Madrid, Ramón Calderón, e o diretor-geral esportivo, Pedja Mijatovic, para resolver os quatro pontos que impedem a transferência.A intenção do Milan é pagar 7 milhões de euros, mas o Real Madrid quer 8 milhões. Os demais assuntos a serem negociados são o pagamento em prestações que o time italiano pretende efetuar, os juros do pagamento e o direito de solidariedade, 5% da transferência que devem ser recebidos pelos clubes pelos quais o atacante brasileiro jogou. Pois o Barcelona já se pronunciou a respeito e quer sua parcela do negócio.Barça entra na jogadaEm todas as transferências de jogadores, segundo normas da Fifa, os clubes que fizeram parte da formação do atleta têm de receber a quantia de 5% do valor total da negociação.De acordo com o diário catalão Sport, os brasileiros São Cristóvão e Cruzeiro, além do holandês PSV, o Barcelona e a Inter de Milão, têm direito a dividir uma parte de 400 mil euros (cerca de R$ 1 milhão) pela negociação do Fenômeno. O valor destinado ao clube catalão seria de 20 mil euros (cerca de R$ 55 mil).Ricardo Oliveira vira moeda de trocaO Milan ofereceu uma troca entre Ricardo Oliveira e Ronaldo como última oferta para tirar o Fenômeno do Real Madrid, segundo a imprensa italiana. A negociação teria sido proposta pelo Real Madrid e aceita pelo Milan, que já estaria à "caça" de um atacante no mercado italiano que pudesse jogar a Liga dos Campeões. Este seria o motivo pelo qual Ariedo Braida, diretor-geral esportivo do Milan e presente nas negociações de segunda-feira, teria retornado na manhã desta terça-feira à Itália. A ida de Ricardo Oliveira ao Real Madrid envolveria outro brasileiro: o lateral-esquerdo Marcelo, que acabaria repassado ao Real Madrid B por ocupar vaga de não-comunitário - mesma situação do ainda jogador do Milan, que ocuparia este espaço. A boa atuação do jovem Miguel Torres, que ante as lesões de Roberto Carlos e Marcelo está jogando pelo lado esquerdo, teria convencido o técnico Fabio Capello a mandar Marcelo ao Real Madrid B e deixar livre sua vaga para Ricardo Oliveira.

Agencia Estado,

30 de janeiro de 2007 | 10h13

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.