Gilvan de Souza|Flamengo
Gilvan de Souza|Flamengo

Trauco vê Flamengo 'fortalecido' após empate no clássico com Flu

Peruano foi o autor do gol salvador no final da partida

Estadão Conteúdo

19 de junho de 2017 | 20h58

O Flamengo se livrou da derrota no clássico com o Fluminense, no último domingo, com um gol já nos minutos finais. O peruano Trauco marcou em belo chute de fora da área, selou o empate por 2 a 2 e, segundo ele próprio, deu o "empurrão" necessário para que o time rubro-negro deixe a má fase no Campeonato Brasileiro.

"Creio que tenha sido um ponto de quebra para o mau momento que vínhamos atravessando. É um empurrão que nos faz bem, nos ajuda a nos fortalecermos como grupo. Importante para mostrar que lutamos sempre até o final. Não foi um resultado justo, mas conseguimos ao menos um ponto", considerou nesta segunda-feira.

O Flamengo até vinha de vitória sobre a Ponte Preta, mas o momento não é dos melhores para a equipe, apenas a décima colocada do Campeonato Brasileiro, com 11 pontos. Mas Trauco confia que já diante da Chapecoense, nesta quinta-feira, no Luso-Brasileiro, a equipe mostrará outra postura.

"Me pareceu que merecíamos a vitória (no clássico), mas foi um momento bonito porque manteve a confiança da equipe, para seguir somando. Vamos com passos firmes, ganhando confiança para ganharmos o próximo jogo", afirmou. "Creio que o estádio estará lotado. Nessa quinta-feira, todos têm que ir para nos apoiar."

O peruano ainda apostou na entrada dos reforços Rhodolfo e Everton Ribeiro para ajudar nesta reação flamenguista. "Nossa equipe é muito boa, e agora, com Rhodolfo e Everton Ribeiro, ficamos ainda melhores. Precisamos aproveitar. Os resultados não foram bons, mas somos um grupo que está junto também nos maus momentos. Creio que a partida de ontem servirá para deixarmos todo o passado para trás."

Tudo o que sabemos sobre:
futebolFlamengo

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.