Treinador ainda acredita no Guarani

Mesmo depois da terceira derrota na segunda fase do Campeonato Brasileiro da Série B, o técnico Luiz Carlos Ferreira ainda acredita na classificação do Guarani para o quadrangular final. Após tomar uma incrível virada, por 3 a 2, diante do Marília, o time campineiro ficou em último lugar no Grupo B, com apenas três pontos, atrás de Marília e Portuguesa, que têm seis, e do Náutico, líder com nove pontos. ?Não quero iludir ninguém. Sei que ficou muito difícil, mas eu quero dizer para a torcida que ainda estamos vivos. Nós vamos para Recife buscar uma vitória e deixar para decidir tudo contra a Portuguesa, em Campinas, na última rodada?, espera Ferreira. Na prática, porém, o Guarani precisa vencer seus dois últimos jogos para chegar aos nove pontos e torcer para que os outros times terminem com este mesmo número de pontos, com as vagas sendo definidas no saldo de gols. Na manhã desta quinta-feira, os jogadores reservas treinaram em Marília. À tarde, a delegação seguiu para Recife, onde joga no próximo sábado, no estádio dos Aflitos, contra o Náutico. O lateral Nelsinho, que bateu violentamente a cabeça ao chão no final da partida em Marília, está vetado. Ele passou a noite em observação no Hospital das Clínicas da cidade, mas não apresentou nenhum sintoma preocupante - apenas dores localizadas no pescoço. Além dele, o volante Umberto e o meia Alexandre Salles, também machucados, estão vetados. Por outro lado, o volante Rodrigo Sá, que cumpriu suspensão, está de volta.

Agencia Estado,

06 de outubro de 2005 | 16h45

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.