Treinador alemão chega a Cuba para treinar seleção de futebol

Reinhold Fanz terá a missão de classificar o país à Copa do Mundo de 2010, na África do Sul

Reuters

05 de março de 2008 | 16h38

O treinador alemão de futebol Reinhold Fanz chega nesta quarta-feira a Cuba para assumir a seleção do país de olho nas eliminatórias para a Copa do Mundo de 2010, na África do Sul, disse a imprensa estatal. Fanz, que foi técnico dos clubes de seu país Eintracht Frankfurt e Hannover 96, levará a experiência nos campos alemães para o futebol local, um esporte que não está no mesmo nível em Cuba de modalidades olímpicas como boxe, atletismo e beisebol. "Com grande expectativa, a família do futebol de Cuba receberá hoje o treinador alemão Reinholf Fanz, que ficará a cargo da seleção nacional com o objetivo de classificação para a Copa do Mundo de 2010, na África do Sul", disse a agência de notícias estatal AIN. A Associação de Futebol de Cuba cobrirá os gastos da estadia do técnico alemão. O salário do treinador será custeado pelo Bonner SC, clube alemão da quarta divisão que Fanz, de 54 anos, treinou até 2006. "O Bonner vai ceder o treinador. Nós nos responsabilizamos por sua acomodação, transporte e cuidados médicos", disse em Havana Luis Hernández, presidente da Associação de Futebol de Cuba. A seleção cubana só disputou uma Copa do Mundo, em 1938, na França.

Tudo o que sabemos sobre:
Seleção cubana

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.