Ozan Kose/AFP
Ozan Kose/AFP

Treinador comemora virada da Suíça: 'Foi uma montanha-russa'

Vladimir Petkovic exalta 'mentalidade vitoriosa' da equipe em vitória sobre a Sérvia

Estadão Conteúdo

22 Junho 2018 | 19h30

O técnico da Suíça, Vladimir Petkovic, comemorou a virada da sua seleção sobre a Sérvia, nesta sexta-feira, mas não deixou de reconhecer o sofrimento vivido por seu time ao longo de praticamente toda a partida. A Suíça levou o gol aos 4 minutos de jogo e só marcou o segundo, da virada, aos 44 da segunda etapa.

+ Suíços provocam a Sérvia ao comemorarem gols em alusão à bandeira da Albânia

+ Preocupado, técnico da Sérvia promete empenho contra seleção brasileira

"Honestamente, me sinto esgotado. Foi, no mínimo, um jogo interessante. Tivemos uma montanha-russa aqui", afirmou o treinador, que destacou a reação dos seus comandados. "O que foi mais importante é a nossa mentalidade vitoriosa. Mesmo quando estávamos desanimados, nos mantivemos positivos e vencemos o jogo."

Precisando da vitória para seguir vivo na Copa do Mundo, o time suíço começou atrás no placar. O empate veio no início da etapa final. E o segundo e decisivo gol foi marcado somente nos instantes finais do duelo, após forte pressão suíça sobre a defesa sérvia.

"Pessoalmente, depois do primeiro gol, eu me mantive eufórico. Foi um jeito excelente de empatar. Depois daquele primeiro tempo, ninguém imaginava que poderíamos virar. Tinha aspectos positivos e negativos. Mas, mesmo em desvantagem, não abaixamos a cabeça", disse o técnico.

 

Segundo o treinador, a mentalidade vitoriosa da equipe suíça já vem sendo desenvolvida há alguns jogos, inclusive no empate por 1 a 1 com o Brasil, na estreia. Na ocasião, os brasileiro saíram na frente, mas os suíços buscaram o empate. "Nós sempre conseguimos ter uma reação e isso é o mais importante na característica do time."

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.