Treinador da Austrália promete surpresas para o Mundial

Se depender do treinador holandês Guus Hiddink, os brasileiros terão dificuldades para enfrentar a Austrália na Copa do Mundo. O técnico da seleção australiana explicou nesta sexta-feira que pretende trabalhar o emocional de seus jogadores e montar uma equipe equilibrada, que não passe o jogo inteiro apenas se defendendo."Temos que ter espírito de jogo. Não podemos apenas nos defender. Lutaremos até o fim. Não quero que minha equipe realize apenas um ou dois ataques", comentou o holandês.Hiddink também falou que o jogo que decidirá a sorte dos australianos no Mundial da Alemanha será contra os japoneses. "A partida contra o Japão será decisiva. Se ganharmos esse jogo teremos uma grande possibilidade de nos classificar. Conheço os meus jogadores e sei que para eles o importante não é só participar. Acredito que essa equipe surpreenderá."Após 32 anos, os australianos participarão novamente de uma Copa do Mundo. Eles estão no grupo do Brasil, ao lado do Japão e da Croácia.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.