Treinador da Bolívia pede demissão

O treinador Ramiro Blacut pediu demissão da Federação Boliviana de Futebol e não dirigirá mais a Seleção principal, segundo a imprensa local. O motivo da demissão é a pressão que estava sofrendo pelas dificuldades para convocar os melhores jogadores bolivianos, alegando não ter o apoio da própria entidade.Blacut ficou no comando do selecionado por oito meses e disputou, além de alguns amistosos, jogos das Eliminatórias da Copa do Mundo. Nesta competição, a Bolívia é a última colocada (10.ª) no Grupo Sul-Americano, com 10 pontos em 11 jogos disputados. O novo treinador deverá ser anunciado nos próximos dias pela Federação.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.