Treinador da seleção de Sérvia e Montenegro pede demissão

Após a péssima campanha na Copa do Mundo da Alemanha, o treinador Ilija Petkovic, da seleção de Sérvia e Montenegro, resolveu abandonar o cargo e pediu demissão nesta terça-feira. O próprio treinador anunciou a sua saída, depois de ler um comunicado na sede da federação."Eu tive a ambição de conduzir o nosso país nesse desafio, mas infelizmente não tive sorte. Faz uma grande diferença quando você entra em campo para cantar o hino, o que não acontecia com a gente", explicou o treinador. No final de maio, Montenegro se separou da Sérvia, no entanto, os dois países permaneceram unidos para a disputa da Copa.Nesta quarta-feira, haverá uma reunião na sede da Federação da Sérvia e Montenegro, para oficializar a separação no futebol. "Durante todo esse tempo eu tentei encontrar atletas que pudessem passar para as oitavas da Copa, mas acho que falhei, ou esses jogadores não existem aqui. Agora, vamos torcer para que as seleções consigam um bom caminho", explicou Petkovic.Na Copa, a seleção de Sérvia e Montenegro foi derrotada nas três partidas disputadas pelo Grupo C - 1 a 0 para a Holanda, 6 a 0 para a Argentina e 3 a 2 para Costa do Marfim.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.