Treinador da seleção feminina se surpreende com saída

Agora ex-técnico da seleção feminina de futebol, Jorge Barcellos não foi comunicado da demissão pela CBF. Pelo menos até o final da tarde desta sexta-feira. O treinador, que já havia comandado a equipe entre 2006 e 2008, ficou sabendo que havia sido demitido pela reportagem da Agência Estado, por telefone. Barcellos foi contratado em 2011 para disputa dos Jogos Olímpicos de Londres - voltou com a frustrada eliminação nas quartas de final para o Japão.

TIAGO ROGERO, Agência Estado

23 de novembro de 2012 | 17h40

"O quê? Que comunicado? Não estou sabendo de nada", disse o técnico. "Não recebi nenhuma ligação da CBF, não fui comunicado". Ao anunciar a demissão de Mano Menezes e de toda a comissão técnica, a CBF também comunicou que "o novo técnico da seleção feminina será o senhor Marcio Oliveira". Depois de ser surpreendido com a notícia de que havia deixado o comando da equipe, Barcellos optou por não se pronunciar oficialmente.

Com a seleção feminina, ele conquistou a medalha de ouro nos Jogos Pan-Americanos de 2007 (no Rio de Janeiro), foi vice-campeão da Copa do Mundo da Alemanha, no mesmo ano, e vice-campeão olímpico nos Jogos de Pequim, em 2008.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.