Treinador mantém cautela com Ronaldo

Ronaldo não vê a hora de retomar as atividades normais, depois de 16 meses de recuperação da segunda cirurgia no joelho. Mas os apelos do "Fenômeno" não comovem o técnico da Internazionale, o argentino Hector Cúper. O treinador continua desconversando quando se trata do futuro do astro brasileiro e insiste na tese de que a volta deve ser lenta."Ainda precisamos de mais um mês para que tenhamos convicção total da recuperação", avisou. Com isso, afasta a possibilidade de utilizar o atacante no jogo de domingo, em casa, contra o Parma, pela segunda rodada do Campeonato Italiano de 2001-2002.A atitude de Cúper tem respaldo total no clube milanês. Marco Tardelli, que comandou o time em parte da temporada anterior, considera a decisão muito sensata. "Com isso, ele está evitando males maiores." Ronaldo, assim, só mantém a rotina de treinos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.