Treino cancelado adia definição na Lusa

A definição de qual será o time titular da Portuguesa para o jogo contra o Santa Cruz, sábado em São Paulo, foi adiada pelo técnico Giba. O treino que seria realizado na tarde desta quinta-feira foi adiado para a manhã da sexta-feira no Estádio do Canindé. O jogo abre o quadrangular final do Campeonato Brasileiro da Série B. A delegação retornou no início da tarde de quinta-feira à capital paulista depois de uma semana de preparação na cidade de Itu (SP). No último treino realizado no interior, as dúvidas no meio-campo e no ataque começaram a ser desvendadas. No time titular treinaram o volante Alexandre e o atacante Leandro Amaral. A única substituição definida é a entrada de Maurício na lateral-direita, em lugar de Wilton Goiano, suspenso com três cartões amarelos. Na mesma situação estão o zagueiro Emerson, que vinha ficando na reserva, e o volante Rafael Toledo. No meio, a volta de Almir, que estava suspenso, vai suprir a ausência de Rafael, mas Giba também colocou o atacante Oliveira durante o coletivo, em uma formação mais ofensiva. Oliveira jogou no empate por 1 a 1 com o Guarani no lugar do meia Cléber, que estava suspenso, e volta por ser o artilheiro do time, com 12 gols. No ataque, Leandro Amaral voltou a formar dupla com Johnson. O "matador" ficou de fora da partida e Campinas. Ele não marca gols desde a vitória de 4 a 2 sobre o Sport, quando fez três ainda pela penúltima rodada da primeira fase mas tem a confiança do técnico, que o considera importante para a busca do acesso à Série A. "O Leandro é um jogador primordial e que não vinha passando por uma boa fase mas será muito importante sua presença na fase final", acredita Giba, que tem como outra opção Celsinho, de apenas 17 anos, que iniciou o jogo contra o Guarani e substituiu Leandro na rodada anterior, contra o Marília.

Agencia Estado,

20 de outubro de 2005 | 19h18

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.