Gilvan de Souza / Flamengo
Gilvan de Souza / Flamengo

Treino do Fla tem volta de Diego Alves e Diego, que trabalha entre os reservas

Após deixar o Fla-Flu com dores, Réver não participa de treino e é dúvida para jogo com o Paraná

Estadão Conteúdo

16 Outubro 2018 | 13h06

Após dois dias de folga, o Flamengo se reapresentou nesta terça-feira pela manhã com novidades. Recuperados de problemas físicos, o goleiro Diego Alves e o meia Diego trabalharam normalmente ao lado dos companheiros e devem ficar à disposição para o confronto diante do Paraná, domingo, no Durival de Britto, pela 30.ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Os dois jogadores desfalcaram o Flamengo nas últimas três partidas - vitórias por 3 a 0 sobre Corinthians e Fluminense e empate por 0 a 0 com o Bahia. Diego Alves se mostrou recuperado de um problema na coxa esquerda, treinou com desenvoltura e deverá ser novamente titular no fim de semana, na vaga de César.

Já Diego não tem a garantia do retorno entre os 11 que iniciarão a partida no domingo. Recuperado também de uma lesão na coxa, mas na direita, o meia viu o time ter boas atuações sem ele, treinou apenas entre os reservas nesta terça e pode ficar como opção no banco.

Como trata-se apenas do primeiro treino da semana, ainda é cedo para cravar a barração de Diego. O jogador, no entanto, vinha sofrendo com críticas nos últimos tempos, e, quando Dorival Júnior dividiu o elenco para um trabalho com bola em campo reduzido nesta terça, não recebeu o colete de titular.

Outra novidade do dia foi a ausência do zagueiro Réver. Ele deixou o clássico com o Fluminense, no sábado, com dores na coxa e realizou trabalho na academia nesta terça. Se não puder encarar o Paraná, será substituído por Rhodolfo, que participou da atividade entre os titulares.

Com estas mudanças, o time que Dorival escalou como titular nesta terça teve: Diego Alves; Pará, Léo Duarte, Rhodolfo e Renê; Cuéllar, Willian Arão, Lucas Paquetá, Vitinho e Éverton Ribeiro; Uribe.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.