Amanda Perobelli/Reuters
Amanda Perobelli/Reuters

Treino nas férias é um dos segredos da boa fase de Gustagol no Corinthians

Atacante revela que treinou nas férias para não desperdiçar a chance em seu retorno ao time de Carille

Gonçalo Junior, O Estado de S.Paulo

18 de fevereiro de 2019 | 17h32

Os sete gols que Gustavo marcou pelo Corinthians na temporada são o resultado de sua evolução técnica, mas também de treinos extras que o atacante realizou durante o período de férias. A revelação foi feita pelo próprio artilheiro, responsável por 70% dos gols do time, que fez 10 na temporada. 

"Eu procurei trabalhar nas férias, porque sabia que tinha de me preparar bem. Cheguei com a cabeça boa, os pés no chão, para fazer um grande trabalho aqui", disse o atacante em entrevista à SporTV. No clássico diante do São Paulo, domingo, em Itaquera, ele foi o autor do gol da vitória por 2 a 1. 

Após grande temporada no Fortaleza, que sagrou campeão da Série B do Campeonato Brasileiro, o atacante confessa que ficou em dúvida se deveria voltar ao Corinthians. Sua primeira passagem não foi boa. Em seu retorno, o técnico Fábio Carille confessou que ficou surpresa com a evolução técnica e tática do atacante, que fez 30 gols em 45 jogos pelo time cearese. "Eu tinha essa dúvida da minha volta, mas o presidente deu a palavra que eu teria oportunidade e que só ia depender de mim", afirma. 

Um dos responsáveis pela evolução de Gustavo foi o técnico Rogério Ceni. "Lá no Fortaleza, consegui reconquistar a confiança. O Ceni me dava tranquilidade. Falava para eu ficar calmo. Mesmo que eu fizesse gols ou não, eu teria minha oportunidades. Assim, eu recuperei a confiança. Sempre feliz, sempre tentando ajudar meus companheiros", afirmou. 

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.